Agro news - Sua ligação com o campo

Últimas Notícias

veja mais +
Twitter Facebook Flickr

Busca

Newsletter

Cadastre seu email e receba nossas novidades.

Publicidade

Notícias

Ásia é fronteira promissora para o agronegócio brasileiro

Postado às 08:43 em 07 de Dezembro de 2016, por Álvaro Eugênio.

 06/12/2016


O Brasil deve mirar a Ásia, que hoje responde por mais de 50% da demanda do agronegócio brasileiro; a China sozinha representa mais de 25%. Com esses números robustos, é preciso coligar os setores produtivos em duplo esforço de ampliação de acesso aos mercados internacionais e de mudança da imagem da agricultura brasileira. A afirmação partiu de Roberto Jaguaribe, presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), que fez exposição no Conselho Superior do Agroneg&o ...



clique aqui para conferir na íntegra...

Academia Pernambucana de Ciências Agronômicas empossa novos imortais

Imagem do post
Postado às 08:36 em 05 de Dezembro de 2016, por Álvaro Eugênio.

Em solenidade realizada, na manhã desta sexta-feira (02), no Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), tomaram posse quatro novos imortais da Academia Pernambucana de Ciências Agronômicas (APCA), entre eles, dois membros são engenheiros agronômicos do IPA, o presidente, Gabriel Alves Maciel, e o pesquisador Antonio Félix da Costa. O evento, que foi coordenado pelo presidente da APCA, Leonardo Sampaio, também empossou Jorge Roberto Tavares de Lima e Roberto Gilson.

Para Sampaio, a primeira grande contribuição dos novos integrantes é a renovação da Academia. Além disso, a nossa maior responsabilidade é preservar a memória agronômica e contribuir para a ciência mundial, destacou. De acordo com o presidente, não se pode esquecer que uma das conquistas do homem foi sua capacidade de melhorar a alimentação.

O presidente do I ...



clique aqui para conferir na íntegra...

Brasil tem meta de triplicar produção de biocombustíveis até 2030, diz fonte

Postado às 08:04 em 02 de Dezembro de 2016, por Álvaro Eugênio.

O Brasil trabalha em um plano que deverá traçar uma meta inicial de triplicar a produção de biocombustíveis do país até 2030, afirmou à Reuters uma fonte com conhecimento do assunto nesta quinta-feira.

A expectativa é que a iniciativa, que vem sendo chamada de RenovaBio, ajude o país a chegar a 2030 com uma produção de aproximadamente 100 bilhões de litros de biocombustíveis por ano, adiantou a fonte, sob a condição de anonimato porque o plano ainda não é público.

Topo 0 Imprimir Enviar Compartilhe esse post no Twitter

Compra de terras por estrangeiros deve ser autorizada em 2017, diz MB Agro

Postado às 10:20 em 28 de Novembro de 2016, por Álvaro Eugênio.

A compra de terras brasileiras por estrangeiros deve ser autorizada em 2017, na opinião do analista e agrônomo da MB Agro, Alexandre Mendonça de Barros. "Vão ter regras. Fundos soberanos, por exemplo, não devem ter aceso", disse ele, durante o Encontro de Analistas da Scot Consultoria, realizado nesta sexta-feira, 25, em São Paulo.

Barros acrescentou que a mudança na legislação brasileira sobre a compra de terras não deve ter influência significativa para os preços dos ativos. "Apetite tem, movimento e interesse, mas não vamos imaginar também que vai explodir", afirmou. Ele lembrou que existem atualmente outros fatores influenciando o mercado de terras. Como exemplo ele citou a fort ...



clique aqui para conferir na íntegra...

Variedades RB de cana lideram intenção de plantio com 55,2% da área prevista

Postado às 05:49 em 23 de Novembro de 2016, por Álvaro Eugênio.

Pesquisa feita pelo Instituto Agronômico (IAC) com usinas e destilarias no Centro-Sul do Brasil aponta que as variedades RB de cana-de-açúcar, da Rede Interuniversitária para o Desenvolvimento do Setor Sucroenergético (Ridesa), mantêm o domínio da intenção de plantio da cultura para a próxima safra, mas com uma perda na fatia de mercado em relação à do ano passado.

Essas variedades RB representam 55,2% dos 517,8 mil hectares que devem ser plantados em áreas de ampliação ou nas renovações de canaviais para a próxima safra, segundo levantamento feito com 124 unidades produtoras entre setembro e novembro deste ano. No levantamento anterior, feito com um universo menor, a ...



clique aqui para conferir na íntegra...

Brasil tenta resgatar promoção do etanol em Marrakesh

Postado às 07:54 em 18 de Novembro de 2016, por Álvaro Eugênio.

A diplomacia do etanol dá sinais de retorno na Conferência do Clima de Marrakesh (COP 22). De acordo com informações do Observatório do Clima (OC), representantes do setor lançaram uma coalização com 19 países para promover o biocombustível, especialmente o de segunda geração, produzido a partir da celulose. E com outro nome: diplomacia da bioenergia.

 

“A tecnologia de usar material celulósico já saiu do laboratório e chegou à indústria, mas ainda tem alguns problemas de escala. Queremos chamar a at ...



clique aqui para conferir na íntegra...

Cargill quer flexibilidade na política dos EUA para o biocombustível

Postado às 07:53 em 18 de Novembro de 2016, por Álvaro Eugênio.

Ainda não se sabe quais serão as mudanças na política norte-americana para o etanol sob a administração Trump, mas o CEO da Cargill, David MacLennan, acredita que precisa haver flexibilidade no volume do biocombustível que refinarias do país devem misturar à gasolina.

"No momento, a oferta de grãos é abundante, mas em anos de colheita reduzida deve haver flexibilidade porque ...



clique aqui para conferir na íntegra...

Reservatórios da região Norte operam com volume de 25,8%

Postado às 07:51 em 18 de Novembro de 2016, por Álvaro Eugênio.

Os reservatórios da região Norte estão operando com volume de 25,8%, caindo 0,3% em comparação com o dia anterior. Os dados são do Operador Nacional do Sistema Elétrico referentes ao último dia 16 de novembro. A energia armazenada na região é 3.878 MW mês e a energia natural afluente é 1.390 MW med, que é o mesmo que 36% da média de longo termo armazenável no mês até o dia. A usina de Tucuruí está operando com volume de 42,24%.



No submercado Sudeste/Centro-Oeste os reservatórios operam com volume de 34%, aumentando 0,2% em relação ao dia anterior. A energia armaz ...



clique aqui para conferir na íntegra...

Audiência para propostas de compra de usinas do Grupo João Lyra é adiada mais uma vez

Postado às 09:41 em 17 de Novembro de 2016, por Álvaro Eugênio.

A abertura dos envelopes com as propostas de compra das usinas mineiras Vale do Paranaíba e Triálcool, pertencentes ao império falido do empresário João Lyra, foi mais uma vez adiada.

A solenidade aconteceria nesta quarta-feira, 16, na cidade de Coruripe, com a supervisão do juiz responsável pelo processo, Nelson Fernando de Medeiros Martins.

O adiamento foi a pedido de Maria de Lourdes Pereira de Lyra e Guilherme José Pereira de Lyra, filhos do ex-usineiro. A liminar dos herdeiros de Lyra foi acatada pelo presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL), desembargador João Luiz Azevedo Lessa.



clique aqui para conferir na íntegra...

GranBio quer acelerar desenvolvimento de variedades

Postado às 09:26 em 17 de Novembro de 2016, por Álvaro Eugênio.

Com duas variedades de cana energia protegidas por registros no Ministério da Agricultura até o momento, a GranBio está focada agora na pesquisa em biologia molecular para acelerar o desenvolvimento de novas variedades. Conforme Bernardo Gradin, presidente da companhia, o objetivo é obter o reconhecimento oficial de três a quatro novas variedades por ano nos próximos anos.

Para realizar as pesquisas, a companhia importou 400 genomas de cana convencional de um banco de germoplasma nos Estados Unidos. Sua subsidiária de biotecnologia, a GranCelere, sediada em Campinas, mapeou os genomas de cada variedade e está aplicando análise de "big data" (grandes volumes de dados) para otimizar os ...



clique aqui para conferir na íntegra...

Política energética de Trump pode fazer preços caírem ainda mais

Postado às 20:55 em 16 de Novembro de 2016, por Álvaro Eugênio.

A estratégia do presidente eleito Donald Trump em matéria de política energética, favorável de reimpulsionar a produção americana de petróleo, gasolina e carvão, poderá impactar os preços em baixa, advertem especialistas.

Diferente de seu antecessor democrata Barack Obama, que priorizou as energias renováveis, o próximo mandatário republicano promete relançar a extração de carvão e facilitar ainda mais a exploração dos combustíveis fósseis. 

Trump também garantiu eliminar as leis que limitam o "fracking" (fraturaç ...



clique aqui para conferir na íntegra...

Gasolina e diesel sobem nas bombas um mês após Petrobras reduzir preços

Postado às 20:52 em 16 de Novembro de 2016, por Álvaro Eugênio.

Os preços médios da gasolina vendida nos postos do Brasil tiveram uma alta de 0,74 por cento em um mês, desde que a Petrobras colocou em prática sua nova política de cotações nas refinarias, apesar de a estatal ter reduzido os valores do combustível em duas oportunidades neste período.

No caso do diesel, o preço subiu 0,1 por cento no mesmo período, segundo levantamento do órgão regulador (ANP), mesmo diante de reduções ainda mais expressivas nas cotações do produto nas refinarias da Petrobras.

A Petrobras anunciou em 14 de outubro sua nova política de preços de c ...



clique aqui para conferir na íntegra...

Confiança do setor de Agronegócio atinge patamar recorde

Postado às 17:15 em 14 de Novembro de 2016, por Álvaro Eugênio.

O Índice de Confiança do Agronegócio (ICAgro) do 3º trimestre, medido pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e pela Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), alcançou 106,3 pontos, alta de 4,2 pontos em relação ao trimestre anterior. A pontuação é recorde na série histórica do indicador, iniciada em 2013, e confirma o otimismo do setor.

De acordo com a metodologia da pesquisa, divulgada nesta quinta-feira (10), uma pontuação igual a 100 pontos corresponde à neutralidade. Resultados acima disso indicam confiança.

Entr ...



clique aqui para conferir na íntegra...

Brasil diz que proposta da Tailândia sobre açúcar pode evitar caso na OMC

Postado às 09:07 em 09 de Novembro de 2016, por Álvaro Eugênio.

 07/11/2016


Produtores tailandeses de açúcar e cana estão trabalhando em uma proposta para mudar as políticas do governo para o setor, procurando eliminar o risco de uma disputa comercial com o Brasil, disse um representante da indústria açucareira brasileira nesta segunda-feira.

Representantes do governo e das indústrias de açúcar dos dois países se encontraram em Brasíli ...



clique aqui para conferir na íntegra...

Astronautas usam plástico brasileiro feito de cana em estação espacial

Postado às 08:43 em 04 de Novembro de 2016, por Álvaro Eugênio.

Os astronautas que estão na Estação Espacial Internacional começaram a usar plástico brasileiro feito de  cana-de-açúcar, para criar ferramentas no espaço. A matéria-prima chegou ao espaço por meio de  uma parceria entre a Braskem, produtora de plásticos, e a Made in Space, uma empresa americana  que é fornecedora da Nasa.

Os astronautas usam o plástico para construir peças diversas a partir de uma impressora 3D que opera em gravidade zero.  Por meio dessa tecnologia, a equipe de estação espacial pode receber um e-mail com o design digital das peças e imprimi-las no espaço.

Há mais de um ano, a Braskem e a Made in Space desenvolvem a tecnologia para uso no espaço. O primeiro lote de plásticos foi enviad ...



clique aqui para conferir na íntegra...

Campanha busca combater sonegação de R$2 bi por ano no setor de combustíveis

Postado às 08:41 em 04 de Novembro de 2016, por Álvaro Eugênio.

O Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e de Lubrificantes (Sindicom) lança no próximo sábado a campanha Combustível Legal, que visa combater atividades ilícitas no setor e a sonegação fiscal, estimada pela própria associação em 2 bilhões de reais por ano.

Segundo o Sindicom, os agentes que atuam irregularmente usam a inadimplência como modelo de negócio e geralmente recorrem a uma indústria de liminares para manter suas empresas em operação.

"Na prática, são intermedi&aac ...



clique aqui para conferir na íntegra...

BNDES mira R$ 500 milhões para fundo de debêntures de energia renovável

Postado às 15:27 em 31 de Outubro de 2016, por Álvaro Eugênio.

O fundo de debêntures de infraestrutura em energia renovável que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) fomenta deve ficar em torno de R$ 500 milhões, segundo estudos da instituição.

O fundo, uma das iniciativas do BNDES para impulsionar os investimentos em infraestrutura, terá papéis com selo verde, de agências certificadoras que comprovem a destinação dos recursos para teses de sustentabilidade ambiental.

Fonte: O Estado de S. Paulo

Syngenta e controlada da ChemChina têm forte sobreposição de negócios, diz UE

Postado às 15:26 em 31 de Outubro de 2016, por Álvaro Eugênio.

A Syngenta e a Adama Agricultural Solutions, uma fabricante israelense de pesticidas genéricos controlada pela ChemChina, têm portfólios com forte sobreposição de negócios em defensivos como herbicidas e inseticidas, disse nesta sexta-feira, 28, a Comissão Europeia, braço executivo da União Europeia.

A agência antitruste da UE vai iniciar na segunda-feira uma análise aprofundada da proposta de aquisição da companhia suíça pela ChemChina, para determinar se o negócio vai diminuir a concorrência no setor de defensivos agrícolas. O prazo final para a conclusão da avaliação é 15 de março de 2017.

Topo 0 Imprimir Enviar Compartilhe esse post no Twitter

Agronegócio busca novos mercados para dar outro salto

Postado às 15:24 em 31 de Outubro de 2016, por Álvaro Eugênio.

 28/10/2016


As exportações do agronegócio brasileiro renderam US$ 1,03 trilhão nos últimos 15 anos. Valor semelhante a esse virá em muito menos tempo daqui para a frente.

Líder mundial nas vendas externas de vários produtos -como soja, açúcar, café, carnes e outros-, o Brasil deverá ampliar esse leque.

Mas não é só o volum ...



clique aqui para conferir na íntegra...

Unica contesta China sobre açúcar

Postado às 10:13 em 17 de Outubro de 2016, por Álvaro Eugênio.

Produtores chineses pediram investigação sobre "surto" de importação do alimento pelo país asiático


O setor sucroenergético do Brasil informou às autoridades da China não reconhecer qualquer surto (disparada) de importação de açúcar entre 2011 e 2016 que justifique a adoção de salvaguardas sobre as compras pelo gigante asiático. O prazo para a apresentação de defesa se encerrou na quarta-feira, 12. 

Topo 0 Imprimir Enviar Compartilhe esse post no Twitter